sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

BAD SNAKE: CONTINUA O MISTÉRIO SOBRE O RETORNO DA BANDA

Por: Robert Rock

O retorno da Bad Snake, ainda é um mistério. Paulo Henrique Ventura, ex-baterista da banda, fala sobre "Danesh", e um possível retorno a banda. Depois de um tempo que não se falavam, Paulo, diz que Danesh esta afastado das redes..., e da loja "From Hell".

(Paulo)
-  Falei com ele faz uns 8 dias.
-  Sobre a loja, eu creio que ela esteja fechada.
-  Eu creio que a loja permaneça fechada...

Robert Rock:
Bom, mas enfim, não sei se você esta no projeto com ele em relação ao retorno da Bad Snake, ou isso foi descartado?

Paulo Henrique Ventura:
Então, Robert.
Eu não sei dizer, viu. Porque quando falei com ele nós conversamos sobre outras coisas. Até porque estávamos voltando a se falar e tal.
E sobre a banda eu sinceramente eu não sei, cara. Porque tipo, eu moro "distante" dele, entende? Fica complicado o contato.
Mas quando ele falou na volta, seria ele (Danesh), eu, e o (Neil Beer). E teria um baixista que eu não tenho total conhecimento.

Robert Rock:
Bom, o importante que ele esta bem.

Paulo Henrique Ventura :
Sim, ele esta bem.


Robert Rock:
Então, no momento fica em stand bay o retorno da Bad.
E vc, esta com algum projeto(banda)?

Paulo Henrique Ventura :
Pow, pode crer, Robert.
Então, por enquanto fica nessa,
Cara, eu estou com alguns projetos, mas são ideias ainda, saca. O que eu posso adiantar mesmo, é que vão ser coisas bem diferentes do que eu fazia com a Bad Snake.
Eu tenho algumas letras, uns amigos me ajudaram com melodias..., mas ainda estão no papel.

Robert Rock:
.., diferentes?
Pode dizer o que é  "diferente"?

Paulo Henrique Ventura :
Então, um dos projetos vai ser na linha Stoner. E o outro tá numa linha mais "Queens of the Stone Age".

Robert Rock:
Muito bom!
Espero que esse projeto saia do papel, (risos). Bom saber que você esta na ativa,  gostaria de saber mais sobre esse projeto..., assim que estiver tudo certo, ok?
Bom, obrigado pelas informações..., um grande abraço,  fico no aguardo.

Paulo Henrique Ventura:
Opá, valeu mesmo!
Pronto, pode deixar que assim que estiver tirando do papel eu mando uma mensagem para você, ok?

Enfim, abração!